Meus primeiros 15 km

Achei que nunca fosse escrever este post!

A façanha foi sábado. Noite mal dormida. Muita comilança na sexta. Fui correr tarde, às 10h30. Isso teria como possibilidade que 12h estaria correndo. Pensei: 12h em Curitiba nem tem tanto sol no inverno. Me enganei. Me enganaram. Tinha sol. Muito Sol.

Ainda inventei fazer um percurso cheio de subidas e descidas. Andei várias subidas…meu pace está uma vergonha.  Não confio mais nas esteiras mesmo, não me ajudaram em nada – mas isto é assunto para outro post – mas terminei, com 1h40 minutos querendo desistir desde os primeiros 15 minutos.

Tive que trabalhar meu lado psicologico da coisa. Sério, queria desistir logo no começo, queria deixar para o próximo final de semana. Queria paraaaaaaaaaar!! Mas não. Tinha perna, tinha fôlego. Estava assustada em correr 15 km. Enquanto pensava assim vinha um anjinho e me lembrava das várias matérias que li sobre controlar a mente.

E consegui. Conseguiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!

E gostei. Dá próxima será mais cedo, fugindo do sol. O mesmo percurso no sábado. Yay!!

“A sensação de fadiga muitas vezes só existe em sua mente. O corpo costuma ter reservas de energia para seguir em frente. Pense nisso na próxima corrida”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s